As melhores dicas para pais e mães encontraram um novo amor

O amor não tem idade. Essa é uma frase pronta, é verdade. Mas ela é, mais do que nunca, realista: o ser humano não tem limite de idade quando o assunto é amar e ser amado, ouvir e ser ouvido, acompanhar e ser acompanhado. O que muda, com o passar das décadas, são as expectativas e os modelos, enquanto que a necessidade de se relacionar permanece a mesma, com raras exceções.

Por isso mesmo o “namoro maduro”, que envolve pessoas de mais de 50 anos, cresce em incrível velocidade na internet. Já existem centenas de milhares de sites voltados a esse público, em todas as línguas, incluindo o português. Nos Estados Unidos, por exemplo, usuários de mais de 55 anos são maioria na web, segundo uma pesquisa da consultoria irlandesa Experian Hitwise. O segundo público mais popular são solteiros entre 45 e 54. Já no Reino Unido, o namoro online é a terceira forma mais popular de se conhecer parceiros, perdendo apenas para pubs, a mania nacional, e através de pessoas conhecidas. Há ali nada menos do que 15 milhões de “coroas” em busca do amor!

Encontrar um novo amor

Esses números são surpreendentes, principalmente para aqueles que acreditam que o mundo online é coisa para “jovens”. Os sites de relacionamento são, em geral, ferramentas amigáveis e fáceis de serem utilizadas. Assim, tecnologia não é um problema – o maior desafio é vencer o nosso próprio preconceito. Para conhecer melhor esse universo de relacionamento, destacamos alguns equívocos clássicos do mundo de relacionamentos online que precisam ser desfeitos. Confira!

 

  1. “Homens são exigentes demais”. Saiba que não nessa faixa etária. Pesquisas mostram que, no namoro online, elas são mais seletivas do que eles e atentam mais aos fatores idade e grupo étnico. Outro detalhe curioso é que as mulheres depois dos 50 iniciam mais contatos e respondem menos a mensagens. Enquanto que em idade mais jovem a mulher naturalmente busca por um parceiro que as “proteja e proveja” – e nessa hora os quesitos físicos e financeiros são importantes –, após os 50 elas estão atentas a fatores como nível educacional e senso de humor.
  2. “As mulheres buscam alguém para cuidar”. Opa, não, não! Via de regra, as mulheres passam a vida cuidando do marido, dos filhos, dos pais. Quando ela se “livra” dessas obrigações e vai à internet procurar por um namoro maduro, estão em busca de alguém independente, capaz e disponível. Alguém com quem ela tenha afinidade emocional e intelectual. Em resumo, alguém com quem dividir a vida.
  3. “Ela só pensa em casamento”. Hum, não após os 50. Pesquisas realizadas em diferentes países mostram exatamente o contrário: as mulheres que participam de sites de relacionamento procuram muito mais por um parceiro estável do que por um novo marido. Enquanto 25% dos homens buscam uma parceira para casar, 22% das mulheres afirmaram ser esse o seu desejo. Isso deixa esse universo muito mais fascinante, não é?
  4. “Uma ótima foto resolve tudo”. Bom, isso só no momento em que duas pessoas maduras ainda não começaram a trocar mensagens. Beleza e jovialidade – o que, nessa época da vida, se trata mais de uma questão de atitude do que de aparência física – são, agora, muito menos importantes do que o raciocínio, a disposição e o bom humor. Claro que você deve preocupar-se em postar uma ótima foto sua em seu perfil, mas saiba que sua descrição de si mesmo e seus papos pelos chats que todos os bons sites de relacionamento oferecem, como é o caso do Zoosk.com, será muito mais importante na hora de ser contatado por um pretendente.
  5. “Nessa fase da vida, o sexo já não é importante”. Como assim? Claro que é! Aliás, pessoas que entram em sites de relacionamento buscam um relacionamento amoroso puramente, uma vez que a “reprodução” já não é um tema de preocupação. Com raríssimas exceções, não há interesse em formar uma família do zero, mas sim integrar as já existentes. O que pode ser maravilhoso!
  6. “Homens que buscam mulheres só estão atrás de sexo”. Nopes. Claro que há quem sim, mas as pesquisas mostram que, nos últimos anos, o número de homens e mulheres que se casaram após os 50 anos dobrou. Além disso, o namoro, especialmente após os 50 anos, tem outros objetivos: o convívio, as atividades comuns, o companheirismo e o carinho.

 

Com essas informações em mãos, fica mais fácil entender os sites de relacionamento e o foco das pessoas que participam deles. Lembre-se de procurar bem pelo site que o ajudará na tarefa de encontrar seu parceiro ideal – no endereço Top10SitesDeRelacionamento você encontrará alguns exemplos  comprovadamente sérios e voltados para diferentes públicos.

 

Novo amor, maternidade e paternidade têm tudo a ver! As pesquisas mostram que mais de 50% das pessoas que utilizam sites de relacionamento preferem parceiros que já tenham filhos. Saiba mais e conheça as melhores dicas de como encontrar o seu novo amor enquanto mantém seguro e tranquilo o relacionamento com seus filhos.